“Arte não se vê com os olhos de ver”

A arte sente-se,

com as mãos, com os pés, com a cabeça.

A arte cria-se,

com a imaginação, com tudo, com nada.

A arte nasce,

das veias corridas de sangue, tinta, palavras, sentimentos.

A arte não pensa,

demonstra.

A arte não se descreve, nem se explica.

A arte é simplesmente arte.

                                                                                                   Beatriz Granja

Anúncios

Um pensamento sobre ““Arte não se vê com os olhos de ver”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s